fazer o dinheiro render fazer o dinheiro render

Como fazer o dinheiro render?

6 minutos para ler

Ver uma quantia de dinheiro a mais caindo na conta é sempre bom, não acha? No fim do ano, essa alegria chega com o 13º salário. ​

Mas como fazer o dinheiro render mesmo precisando gastar com presentes de Natal? Qual é o melhor caminho? Guardar? Pagar contas?

Quer ajuda para que o 13º renda mais? Vamos te dar algumas dicas muito importantes abaixo. Vem com a gente!

4 dicas para fazer o dinheiro render

Você também é do tipo de pessoa que não sabe o que fazer para ver seu 13º salário rendendendo? Não se preocupe, você não está só. ​

Muitas pessoas também querem aproveitar o benefício, mas não sabem como. Não por falta do que fazer, mas por precisar resolver muita coisa com o dinheiro. Então, vamos por partes.

A primeira dica está relacionada às dívidas. Usar o 13º salário para pagar dívidas é uma boa ideia? Descubra a seguir!

1. Verifique as suas dívidas

Tem gente que pensa que gastar dinheiro pagando dívidas é um grande desperdício e gostaria de usar o 13º salário para “benefício próprio”, como para fazer compras ou viajar. Contudo, cuidar para manter sua vida financeira saudável é um bem enorme que você faz a si mesmo, acredite.

​Portanto, a primeira dica é verificar se você está inadimplente com alguma conta. Se a resposta for sim, aproveite seu 13º para fazer o pagamento total da sua dívida, ou pelo menos de parte dela. Lembre-se que as dívidas geram juros muito altos.

2. Aproveite para quitar contas

Quem não está inadimplente mas possui parcelamentos pode pensar em utilizar o 13º salário para quitar essas contas. Dessa forma, a pessoa fica livre das parcelas e consegue desafogar o orçamento mensal. ​​

Além disso, muitas instituições oferecem descontos para motivar o pagamento antecipado desses parcelamentos. Assim, é até possível economizar uma graninha, que pode ser revertida em outros fins depois.

3. Pense nas contas de janeiro

O ano novo traz consigo boas novas, mas também algumas contas a pagar. Afinal, o mês de janeiro costuma ser um período de muitos gastos: IPVA, IPTU, material escolar e etc. ​

O problema é que tem gente que não se lembra disso em dezembro, que é um mês de festas e acaba gastando todo o seu dinheiro, principalmente o 13º salário. Mas a gente veio te lembrar que guardar o 13º para pagar as contas de janeiro não é má ideia. Assim, você terá um reserva para os gastos e não vai começar o ano acumulando dívidas.

baixar simulador de investimentos na bolsa gratuitamente

4. Invista seu 13º salário

A gente ainda não sabe qual é a semente da árvore do dinheiro, mas enquanto não descobrimos, você pode investir o que tem e ainda assim vê-lo crescer. Se você já se organizou e está com o seu planejamento financeiro em dia, invista o seu 13º salário. Assim, você vai vê-lo rendendo de verdade, uma vez que estará submetido a taxas de rentabilidade.

Como aqui na Vexter a gente te dá a receita completa, separamos 3 tipos de investimentos que você pode fazer com o seu 13º. São modalidades para todos os tipos de bolso.

Onde investir o seu 13º salário?

1. Certificado de Depósito Bancário

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é um investimento em renda fixa emitido por bancos. O objetivo da instituição ao comercializar esse título é captar recursos para financiar suas atividades.

Dessa forma, você deixa seu dinheiro com o banco e recebe uma remuneração por isso. Em contrapartida, a instituição pode usá-lo para oferecer crédito a outro cliente, por exemplo. É um tipo de investimento muito seguro, com boa liquidez (que é a facilidade de retirar o dinheiro quando quiser) e que pode oferecer uma rentabilidade interessante.

Compare as taxas de rendimento

Existem CDBs emitidos por vários bancos e a taxa de remuneração desse investimento varia de um para o outro. Portanto, para fazer uma boa escolha, é importante avaliar a taxa de rendimento que o banco pretende te pagar e comparar com a oferta de outras instituições. Além de ficar de olho na segurança que ele irá te oferecer, é claro.

2. Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um programa do Tesouro Nacional que visa captar recursos para que o governo consiga realizar as suas atividades. Nesse ponto, ele é bem parecido com o CDB, com a diferença que quem está por trás do Tesouro Direto é o governo federal e não o banco.

Por meio do Tesouro Direto, o governo negocia títulos públicos, que podem ser comprados por inteiro ou apenas uma fração dele. Com apenas R$30 é possível começar a investir em Tesouro Direto.

Além de muito acessíveis, os títulos públicos também oferecem segurança ao investidor. Existem diferentes tipos de títulos e você pode escolher o que mais se adequa aos seus objetivos no momento.  

3. Ações

O investimento em ações é uma alternativa muito rentável para quem quer investir o 13º salário. Esse tipo de investimento é muito versátil e permite que você faça aplicações como preferir.

É possível comprar ações e vender no mesmo dia, por exemplo, numa modalidade chamada day trade. Assim como é possível ficar com elas por alguns dias, na modalidade swing trade.

Também é possível investir na modalidade buy and hold, passando meses ou anos com as ações. ​ A vantagem de investir assim é que, além de ganhar dinheiro com a diferença entre o preço de compra e de venda das ações, você ainda recebe dividendos. Ou seja, participa no lucro das empresas que fazem essa distribuição.

Investir é fazer o dinheiro render

Investir seu 13º salário é uma ótima saída para fazer o seu dinheiro render. A gente sabe que você trabalha bastante para conquistá-lo, por isso é tão importante fazer um bom uso dele.​ Se você ainda ficar com alguma dúvida sobre a melhor forma de investir seu 13º, deixe um comentário abaixo que a gente te ajuda. 🙂

Que tal conhecer alguns tipos de investimentos e descobrir qual é o ideal para você? Clique aqui e acesse nosso post sobre o assunto. Assim, você vai poder investir melhor seu dinheiro!

Posts relacionados

Um comentário em “Como fazer o dinheiro render?

Deixe um comentário