ações da amazon ações da amazon

Ações da Amazon: conheça a trajetória da empresa

6 minutos para ler

Esse artigo está imperdível para quem deseja conhecer mais sobre as ações da Amazon. Falaremos sobre a gigante do varejo que surpreende sempre com seus bons resultados. Conheça mais sobre sua história, curiosidades e como investir nessa BRD, logo abaixo! 

Sobre a Amazon

Fundada por Jeff Bezos, a Amazon nasceu em sua garagem em Seattle, EUA. Bezos decidiu empreender com um negócio próprio e escolheu arriscar no, até então, novo mercado da internet.

O site da Amazon foi ao ar em 1995, e a princípio vendia apenas livros. Logo em seu primeiro mês de funcionamento, recebeu pedidos de todos os estados norte-americanos, além de outros 45 países. Sua primeira venda aconteceu no dia 3 de abril de 1995 e foi do livro “Conceitos de Fluidos e Analogias Criativas”, de Douglas Hofstadter.

Três anos mais tarde, a loja online ampliou seu catálogo e também passou a vender CDs e DVDs. Em 1999, foi além e começou a vender brinquedos e eletrônicos, em geral. 

Em 2000, a Amazon lançou o seu Marketplace, onde usuários ou lojas menores anunciam e vendem seus produtos no site e pagam uma taxa por venda para a empresa.

A Amazon está sempre ampliando sua gama de produtos. Em 2005 criou seu plano de assinatura premium Amazon Prime, que também dava acesso à sua plataforma de streaming.

Além disso, também criou o bem-sucedido Kindle, e seu smartphone Fire Phone, que foi um fracasso! Ainda possui a assistente pessoal Alexa, e nos EUA oferece o serviço de mercearia Amazon GO, onde é possível fazer compras sem nenhum atendimento humano.

Foi em dezembro de 2012 que a Amazon entrou no mercado brasileiro. Nesse primeiro momento, vendendo apenas e-books e o Kindle. Em 2016 estreou o Prime Video e em 2017 o Marketplace para brasileiros.

Trajetória da Amazon na Bolsa de valores 

Com apenas 2 anos de site no ar, em 15 de maio de 1997, quando já havia vendido 2,5 milhões de livros e 148 milhões de dólares, a Amazon abriu o IPO na NYSE, Bolsa de Valores de Nova York. As ações da Amazon começaram sendo negociadas a 18 dólares.

Bezos era pé no chão e priorizava fortalecer a marca antes de ter ganhos. Por isso, advertiu os acionistas de que a Amazon levaria em torno de 5 anos para ter lucros. E de fato, seu primeiro saldo positivo aconteceu em 2001. 

A ascensão da internet e a queda da Amazon

Em 2000 aconteceu o grande boom da internet, fazendo com que os altos investimentos em empresas online caíssem muito rapidamente. Assim, as ações da Amazon também foram impactadas e caíram de 100 dólares para 6. 

Isso gerou demissão em massa e sequelas para a empresa. Contudo, após se recuperar dessa crise, a Amazon se fortaleceu ainda mais. 

Crescimento surpreendente em meio a pandemia

Apesar da crise causada pela pandemia de coronavírus, em 2020, as ações da Amazon foram valorizadas em mais de 20%. Isso porque os e-commerces foram ainda mais usados durante o período de isolamento social.

Neste período, Jeff Bezos também teve um crescimento de quase 60% na sua fortuna, liderando assim o topo da lista das pessoas mais ricas do mundo.

Segundo lugar no S&P500

Segundo o FactSet, a Amazon ocupa o segundo lugar entre os melhores desempenhos que compõem o S&P500 (índice das 500 maiores empresas do mundo). 

baixar simulador de investimentos na bolsa gratuitamente

Desde sua primeira oferta pública, em 15 de maio de 1997, até 1 de fevereiro de 2021, a Amazon teve um retorno de 170.600%. Assim, um investimento de 1000 dólares em ações da Amazon no seu IPO valeria 2,2 milhões de dólares atualmente.

Sobre o setor da Amazon

Assim como a Magazine Luiza, por exemplo, a Amazon também pertence ao setor varejista, cujas vendas são feitas diretamente para o consumidor final.

Esse setor de atuação da Amazon na Bolsa é considerado com maior ciclicidade. O consumo cíclico é relacionado aos produtos classificados como não essenciais. Assim sendo, o consumo desses produtos tende a aumentar quando a economia vai bem. Por outro lado, em momentos de crise o setor de varejo desaquece e pode ter os resultados comprometidos.

Contudo, mesmo com todas as dificuldades do mercado devido a pandemia, o varejo teve um crescimento de 31% em 2020. 

Curiosidades sobre a Amazon

Veja agora algumas curiosidades interessantes sobre a empresa: 

Os primeiros investidores

Os pais de Bezos foram os primeiros investidores da Amazon. Eles investiram 300 mil dólares na startup do filho, que começou na garagem de casa.

A escolha do nome

Cadabra foi o primeiro nome que Bezos escolheu, porque seu negócio seria algo mágico. Mas seu advogado o aconselhou a mudar de nome, pois esse soava como “cadáver”. 

Então, o segundo escolhido foi Relentless, “implacável” em português, que também foi desencorajado por seus amigos. Contudo, até hoje se você relentless.com o link redireciona para a Amazon. 

Por fim, o nome escolhido foi inspirado no Rio Amazonas, o maior do mundo. A ideia de Bezos era que sua loja também fosse a maior do seu setor. 

A logo

Você pensa que a seta amarela da Amazon lembra um sorriso? A ideia era exatamente esta: representar a felicidade da empresa em entregar aos seus clientes qualquer coisa que eles queiram, e em qualquer lugar que seja.

Além disso, a seta sai da letra A, apontando para a letra Z, o representa que na Amazon os consumidores encontram tudo de A a Z

Produtividade com robôs

Em 2012, a Amazon adquiriu a Kiva System, desenvolvedora de tecnologia robótica. Depois disso, robôs autônomos passaram a fazer parte da produção nos armazéns da companhia, ajudando a coletar e transportar os pedidos dos clientes. 

A Amazon é uma Big Tech

A Amazon com Google, Apple, Facebook e Microsoft formam o Big Tech, também conhecido como Tech Giants ou Big Five. Essas são as cinco maiores empresas de tecnologia da informação dos Estados Unidos.

Como investir na Amazon?

Ficou com vontade de investir nas ações da Amazon? Então, primeiro você precisa saber que ela é uma BDR (Brazilian Depositary Receipt), ou seja, é uma renda variável estrangeira, presente na B3, a nossa bolsa de valores. 

Contudo, o procedimento para comprar as ações da Amazon será como o de qualquer outra empresa. Para isso você precisa abrir uma conta em uma corretora de confiança, transferir o valor que deseja investir, pesquisar pelo código da Amazom (AMZO34) e comprar as ações que desejar. 

Vale lembrar da importância de conhecer o seu perfil de investidor para tomar as melhores decisões com o seu patrimônio.  

Posts relacionados

Um comentário em “Ações da Amazon: conheça a trajetória da empresa

Deixe um comentário