ações da apple ações da apple

Ações Apple (AAPL34): entenda se vale a pena investir!

12 minutos para ler

Neste artigo, vamos te contextualizar como estão as ações da Apple neste fechamento de 2021 no mercado de ações e te ensinar a como aplicar seus investimentos na gigante da tecnologia americana na Bolsa de Valores Brasileira. Entenda melhor a história e o cenário atual da Apple e como ela se destaca no mercado de tecnologia da informação. 

Boa leitura!

Quem é a Apple?

A famosa marca da maçã, Apple (AAPL34) é uma empresa norte americana que foi fundada dia 1 de abril de 1976 pelo irreverente inventor e empresário do setor de tecnologia Steve Jobs e, atualmente, está sediada no estado da Califórnia. 

A gigante do setor de tecnologia da informação é uma das líderes do mercado. E entre todos os produtos da marca, há um produto que se destaca por ter uma comunidade fiel de compradores, pelo valor agregado, e desejo de compra que construiu ao longo dos anos nos consumidores, o IPhone. 

Para além do smartphone, a Apple possui uma gama de produtos eletrônicos como computadores, Ipads, relógios inteligentes, fones, e recentemente seu canal de stream.

Apple e seu destaque no mercado de ações

 E apesar de sua estabilidade e valor de mercado já consolidado com esses produtos, a empresa vislumbra um futuro com mais inovação e novos lançamentos, como o “Apple Car, veículo inteligente sem volantes e pedais que está em desenvolvimento. 

Além disso, a empresa deseja inovar também no que tange a experiência do cliente. Você gostaria de ter autonomia para trocar a tela do seu celular? Para Apple essa será uma realidade para seus consumidores com o programa de reparo Self Service, na qual a Apple planeja fornecer para seus clientes alguns materiais próprios para reparo, juntamente com um tutorial para alguns reparos específicos. 

Esses novos projetos, que estão na fase de desenvolvimento, fez com que os olhos de muitos investidores voltassem para marca, gerando uma alta generosa em seu valor de mercado.

Nas últimas semanas, as expressivas empresas do setor de tecnologia da comunicação, Apple e Microsoft, disputaram no mercado de ações quem se tornaria, por até certo tempo, a empresa de capital aberto mais valiosa do mundo! 

Nos últimos 6 meses, as duas empresas apresentaram um crescimento significativo no mercado de ações. Segundo o demonstrativo do Google Finanças, as ações da Microsoft (MSFT34) cresceram +22,70 (42,43%), enquanto as ações da Apple (AAPL34) cresceram +30,99 (48,98%), tendo uma boa vantagem sobre a concorrente também americana. 

Entretanto, foi neste último mês que as ações da Apple vêm crescendo de forma expressiva e saindo em vantagem em relação a Microsoft e outras empresas do setor da tecnologia.

A maçã foi uma das poucas do setor tecnológico que conseguiu se manter em crescimento em meio às preocupações de investidores a respeito da variante Ômicron, da COVID-19.

Confira a seguir um comparativo do crescimento das principais empresas de tecnologia no último mês: 

Fonte: Google Finanças – 6 de dezembro de 2021. Diante deste cenário de instabilidade e receio econômico por parte dos investidores diante de uma possível 3ª onda da COVID-19, a Apple continua com saldo positivo diante as incertezas dos próximos meses.

Setor da Apple

A Apple é uma das maiores empresas do setor de tecnologia, especializada em smartphones, computadores e smart watch. 

Apenas no mercado de wearables (dispositivos vestíveis), a Apple já vendeu quatro vezes mais do que a Samsung, outra gigante do segmento, em 2020. 

Novas empresas estão tomando espaços importantes no setor de tecnologia que a Apple atua, como a Xiaomi, que comercializou mais de 10,1 milhões de aparelhos no ano passado. 

Outra preocupação da empresa, mundialmente conhecida pelo símbolo de uma maçã, são as vendas dos iPhones, que aparecem abaixo da expectativa nos últimos anos. 

O cenário deste setor se tornou mais nebuloso para a Apple, quando a empresa perdeu o posto de terceira maior fabricante de celulares do mundo para a chinesa Xiaomi. O primeiro lugar é ocupado pela Samsung e a Huawei ocupa o segundo lugar.

Apple: curiosidades

Saiba quais são as maiores curiosidades sobre a gigante da tecnologia: 

  • Um dos fundadores da marca, Ronald Wayne, vendeu suas participações na empresa (10%) por 800 dólares em abril de 1976. Se não tivesse vendido, hoje, sua parte valeria mais de 200 bilhões de dólares, de acordo com o valor de mercado da empresa. 
  • O primeiro computador da Apple não tinha teclado e tela.
  • O comercial de lançamento do MacIntosh custou US$ 1,5 milhão e foi dirigido pelo diretor Ridley Scott, conhecido pelo filme “Alien”. Um dos maiores comerciais de TV de todos os tempos.  
  • Steve Jobs foi exilado na Sibéria durante a queda das vendas do MacIntosh e, logo em seguida, vendeu 85.000 ações da Apple e deixou a Apple em 1985.
  • Mas em 1996, a Apple comprou a empresa de Steve Jobs e trouxe-o de volta para a companhia. 
  • A letra “i” nos produtos da Apple (iPhone) significa internet. 
  • A história do símbolo da marca tem ligação com uma visita de Jobs em  uma fazenda de maçãs. Ele achou que a fruta era “divertida, espirituosa e não intimidante”.
  • Por muitos anos a Apple foi considerada a maior empresa do mundo. Após 5 anos longe do topo, perdendo para a Amazon, ela voltou a ser líder, segundo o ranking composto pelas 500 maiores empresas do mundo.

Histórico da Apple na bolsa 

A Apple abriu seu IPO (Initial Public Offering – Oferta Pública Inicial) na bolsa de valores norte-americana (NASDAQ) em 12 de dezembro de 1980.

Sua oferta inicial era de 22 dólares por ação e, atualmente, a ação da Apple é uma das mais importantes da história. 

A bolsa norte-americana possui um índice muito relevante, o S&P 500, que ranqueia o desempenho das 500 maiores ações no país.  

A Apple é a empresa líder desse ranking e esse destaque começou em 2012, quando investidores começaram a alegar que a gigante fundada por Steve Jobs  seria um grande sucesso na  bolsa nos anos seguintes. 

A alta do valor das ações da Apple foi de 5.655,67% em 10 anos, de US$ 12,25 em 2002, (lançamento do iPod), até o topo histórico, aos US$ 705,07.

Os valores das ações só cresciam, mas com os problemas do iOS 6.0 e o iPhone 5, as ações tiveram suas primeiras quedas. 

Desde seu marco histórico (US$ 705,07.), as ações tiveram uma queda de 36,11%, deixando muitos acionistas e investidores ficaram decepcionados.  

Ações Apple: qualidades e pontos fracos

O sucesso das ações da Apple são explicadas por alguns movimentos realizados pela empresa, como investimentos em marketing, anúncios icônicos e eventos de lançamento espetaculares. 

A marca Apple é vista como uma marca de status e, por isso, possui um valor premium que não desanima milhares dos seus clientes fiéis. 

baixar simulador de investimentos na bolsa gratuitamente

A empresa está sempre investindo em novos produtos, equipes de tecnologias e em profissionais de design.  

Os diversos segmentos do setor da tecnologia conseguem ganhar de outras empresas até em mercados que não são específicos da Apple, como o de relógios. 

As vendas dos wearables (Apple Watch e AirPods) são maiores que toda a tradicional indústria suíça junta (Swatch, Tissot e TAG Heuer).

Além disso, a Apple está em constante expansão de mercado, como os serviços Apple Pay, Apple Music e Apple TV.

Apesar desses pontos que favorecem a valorização da Apple na bolsa de valores, alguns pontos podem enfraquecer esse fenômeno da tecnologia. 

O produto iPhone foi por muitos anos mais de 50% da receita da empresa, mas, ultimamente, está sofrendo quedas de vendas. 

Ter a maior parte da renda focada em celulares é um risco porque esse segmento depende de lançamentos anuais. Não podemos esquecer que as marcas Nokia e BlackBerry, dominantes desse mercado no passado, hoje em dia são irrelevantes. 

Apple BDR

A Apple é uma BDR (Brazilian Depositary Receipt), é um tipo de investimento de renda variável para quem deseja investir em empresas estrangeiras, mas na B3, a bolsa de valores brasileira. 

A compra dessas ações funciona como um recibo, uma custódia, já que não podem ser negociadas diretamente — apenas pelo BDR correspondente. 

O investidor que investe em BDRs da Apple pode ganhar com a valorização dos preços das ações e com a distribuição de dividendos. 

Qualquer pessoa pode investir nos papéis da Apple no exterior através dos BDRs. 

Para investir, é preciso conhecer o código da BDR Apple na Bolsa de Valores. O código que a empresa representa é APPL34.

Vale a pena investir na Apple?

Com base nas qualidades e pontos fracos das ações da Apple, muitos investidores enxergam um futuro promissor para a empresa. 

O uso do 5G está próximo e pode aquecer a venda de celulares da marca nos próximos anos, já que os aparelhos antigos não possuem essa tecnologia — apenas o recém-lançado iPhone 12 oferece essa possibilidade.

Em 2020, a Apple obteve um resultado trimestral bem acima da expectativa, apresentando uma receita de US$ 59,7 bilhões. Portanto, os investidores apontam cenários promissores! 

Aprenda a comprar ações da Apple (APPL34)

Após essa breve análise sobre a performance da Apple nos mercados de ações e a confiança que muitos investidores estão tendo na marca. Se você deseja aplicar capital na empresa da maçã através da B3, a bolsa de valores brasileira, essa é a hora de aprender!  

Afinal a Apple é uma BDR (Brazilian Depositary Receipt), ou seja, um investimento de renda variável para quem deseja investir em empresas estrangeiras.

Passo a passo para começar a investir nas ações Apple

1º. ABRIR UMA CONTA EM UMA CORRETORA 

Para investir em ações, o primeiro passo é criar uma conta em uma corretora de ações, que tem como função mediar a compra e venda de ativos, que são as ações e títulos públicos, que são negociados em uma bolsa de valores. 

Com a facilidade da internet, é possível criar uma conta em corretora 100% digital e sem custo! Realizar os seus investimentos através do aplicativo da Vexter, você precisa criar a sua conta em nossa corretora parceira, a Genial Investimentos, para saber mais sobre a corretora e criar a sua conta, clique aqui

2º. ACESSE O HOMEBROKER OU APLICATIVO DE INVESTIMENTOS.

Após a criação de sua conta na corretora, é hora de acessar a plataforma de compra de ações. 

O Homebroker é a ferramenta de negociação de ativos da Bolsa. Através dele é realizada a venda e a compra de ações e cada corretora ou banco de investimento possui o seu.   

A Vexter é um aplicativo de investimentos e nosso objetivo é tornar sua experiência de investir mais simples, prazerosa e participar do seu processo de aprendizado no mercado de ações!

Por isso, oferecemos um simulador de investimentos gratuito! Nele, você tem a possibilidade e simular o investimento de até R$100.000,00 e acompanhar as cotações em tempo real da Bolsa de Valores, fazer suas transações diariamente por meio de um homebroker intuitivo, visualizar de força simples sua carteira de investimentos e pode assimilar sem medo o quanto de patrimônio você pode capitalizar com as ações escolhidas, até se sentir seguro em aplicar seu dinheiro de verdade e começar a ser um grande investidor!

Para escolher a melhor plataforma para você, sugerimos que teste as plataformas grátis disponíveis e experimente.

3º. PESQUISE PELO CÓDIGO DA APPLE (APPL34)

Após criar a sua conta e testar o simulador da Vexter, chegou a hora de comprar as ações da Apple! Para isso, você coloca no campo de busca do aplicativo o código da BDR da Apple na Bolsa de Valores que é APPL34.

4º REALIZANDO A COMPRA

Ao selecionar a empresa, você irá visualizar o valor unitário da ação, o campo que você edita a quantidade que quer comprar, você pode compra-las de forma fracionada ou por lote. Preencha corretamente a quantidade de ações desejadas e clique em comprar. Seu pedido será efetivado em poucos minutos. 

ACOMPANHAMENTO NA CARTEIRA DE RENDIMENTOS

Após a efetivação da compra, no seu painel inicial da Vexter, você terá o valor total investido na página inicial do seu aplicativo e abaixo deste valor você acompanha em tempo real rendimento e as oscilações da sua aquisição. 

Lembrando que é muito importante fazer o acompanhamento diário das suas ações e como está o valor de mercado das empresas que você está interessado em investir, esse acompanhamento diário é fundamental para gerir seus investimentos, vender e comprar ações no momento certo! 

E agora que você já sabe como e onde comprar suas ações da Apple, conta para gente aqui nos comentários:

O que você achou desse passo a passo? Você já acompanhava a evolução da Apple no Mercado da Bolsa de Valores Brasileira?

Posts relacionados

Deixe um comentário