commodities

Exemplos e dicas para investir em commodities!

Commodity vem do inglês e significa mercadoria. As commodities são matérias-primas produzidas em escala, como o boi, o milho e o café.

Elas possuem alguns atributos em comum, como: têm pequeno grau de industrialização envolvido, possuem características uniformes de produção e, por isso, não têm  diferenciação de marca, possuem origem primária e têm grande importância mundial (sendo comercializadas mundialmente). Por conta disso, o preço da commodity é determinado pelo mercado mundial, como uma consequência da oferta e da demanda.

Quer saber mais sobre as commodities? Neste artigo, nós te explicaremos sobre o assunto e daremos dicas para investir nessa modalidade. Confira!

Quais são as Commodities mais negociadas no Brasil?

As commodities mais populares se dividem em 4 categorias: agrícola, mineral, financeira e energética. Além dessas, também existem as químicas e as ambientais. Neste artigo, nós falaremos especificamente de três, que são:

1- Milho

A produção brasileira de milho é a terceira maior do mundo. Ele também é a base energética da alimentação de aves, suínos e bovinos, além de ser destinado à alimentação humana. O milho é utilizado como ingrediente principal para produtos variados, como o óleo vegetal, a farinha e o fubá.

O código de negociação do milho é:

  • CTM (Triângulo Mineiro, MG);
  • COP (Cascavel, PR);
  • CRV (Rio Verde, GO).

2- Boi gordo

O Boi Gordo é uma commodity muito relevante para o Brasil, visto que o nosso país é um dos principais exportadores de carne bovina do mundo. A exportação de carne bovina já representa 3% das exportações brasileiras e um faturamento de 6 bilhões de reais.

Código de negociação do boi gordo:

  • BGI

3- Café arábica

O café brasileiro é uma commodity mundialmente conhecida e consumida, tendo grande relevância no mercado nacional e internacional, em especial o grão arábica. O café arábica é o tipo de café mais cultivado no Mundo e no Brasil (cerca de 87% do café produzido em nosso país é do tipo arábica), em estados como Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

Código de negociação do café arábica:

  • ICF

Como Funciona o Mercado de Commodities na B3?

As commodities são essenciais na economia de um país, principalmente na economia brasileira. Elas são responsáveis por 65% do valor das exportações e o valor diário das exportações de carne é de mais de R$50 milhões. Por terem seu preço baseado na oferta e na procura, o valor das commodities oscila muito e, com isso, apresentam boas oportunidades para investidores ganharem dinheiro.

Para investir em commodities, é necessário investir em contratos futuros. O mercado futuro é composto por contratos de intenções, com negociações não especificamente de uma mercadoria, mas de preços futuros que podem ser atribuídos a ela.  Ou seja, antes mesmo de abater o boi ou colher o milho, o produtor e o investidor combinam um preço hoje, para a “entrega” e o pagamento em uma data futura.

O caráter especulativo e a sua vantagem

O mercado futuro pode ser usado para especulação, uma vez que você compra e vende as commodities sem o objetivo real de plantar ou adquirir a mercadoria de fato e esse esquema é muito benéfico, tanto para o produtor quanto para o investidor. Afinal, o produtor não perde dinheiro com sua mercadoria, independente de eventualidades que possam prejudicar a sua plantação de milho, como uma época de seca, por exemplo. Exemplo: um produtor de milho, usa R$20.000,00 para plantar 1.000 sacas de milho. Assim, cada saca custa R$20,00.

Para se proteger de riscos e possíveis eventualidades negativas que podem prejudicar a sua renda, como pragas do milho, o nosso produtor vende as sacas no mercado futuro, supondo que em uma quantidade x de tempo, cada saca irá custar R$25,00. Quando a data de vencimento chegar, o produtor com certeza terá o retorno que precisava pela sua plantação, mesmo que cada saca esteja custando R$18,00 nessa data. Se a saca estiver valendo mais, ele vai deixar de lucrar mais, mas ele não estará perdendo dinheiro.

Nisso tudo, o investidor também ganha com a especulação. Afinal, ele terá a oportunidade de lucrar, caso na data de vencimento o valor da commodity seja maior do que a sua oferta inicial.

Por que operar commodities no mercado futuro?

Há algumas vantagens de se operar commodities no mercado futuro. Veja por que você deveria considerar a possibilidade de investir nessa modalidade:

Diversificar a sua carteira

Ter uma carteira de ações diversificada é essencial. Operar em commodities seria mais uma opção para a sua carteira!

Utilizar a alavancagem

A alavancagem é uma estratégia muito interessante para quem já tem alguma experiência com o mercado de ações. Afinal, a possibilidade de movimentar grandes quantias de dinheiro na bolsa, mesmo sem ter todo o capital disponível na conta, é muito interessante para potencializar os seus lucros.

Aplicar em estratégias com liquidez e volume

Por fazer parte de um mercado que é valorizado mundialmente, as commodities possuem bastante volume e liquidez. Ou seja, você consegue comprar e vender a qualquer hora os seus ativos, já que a negociação em commodities é bastante intensa e movimentada. Além disso, a oscilação das commodities não se dá por notícias do mercado, como o mercado acionário, apresentando uma maior segurança nesse sentido.

O que fazer antes de investir no mercado futuro

Defina seu perfil de investidor

Definir o seu perfil de investidor é um passo que antecede qualquer tipo de investimento e para investir em commodities não seria diferente. Só a partir desse planejamento e do autoconhecimento financeiro será possível entender as suas expectativas com os seus investimentos e estar ciente dos riscos que poderá correr em troca de ganhos mais volumosos.

Saiba como comprar as commodities

Antes de investir em commodities, é importante entender como funciona a compra delas, que é diferenciada de outros investimentos em renda variada. A nossa dica, mais uma vez, é estudar direitinho para entender perfeitamente o modelo de investimento pelo qual está se optando. Além disso, o mercado futuro trabalha com a alavancagem, uma ferramenta muito boa para potencializar os seus ganhos; mas também potencializadora de riscos.

Tenha o mínimo necessário para investir

Como se opera alavancado para investir em commodities, não é preciso ter um patrimônio muito grande para investir quantidades significativas. Mas é preciso ter as condições mínimas para realizar esse investimento. Afinal, a corretora exige esse tipo de garantia para saber se o investidor tem como arcar com possíveis prejuízos que o investimento pode proporcionar.

Ainda tem dúvidas sobre as commodities? Baixe o nosso material gratuito sobre como investir no Mercado Futuro!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.