Controle emocional ao investir na Bolsa Controle emocional ao investir na Bolsa

Como manter o controle emocional ao investir em renda variável

7 minutos para ler

Sabemos que as nossas emoções afetam as nossas decisões no dia a dia. Por isso, os investidores precisam aprender como ter controle emocional para esses sentimentos não afetarem no momento de decisão de compra ou venda de uma ação, a quantidade que pretendem investir e outras questões relacionadas.

Por isso, neste texto, vamos falar sobre como é importante controlar as emoções e não agir no calor do momento. Saiba mais abaixo!

O que é controle emocional?

O controle emocional é a habilidade do ser humano em lidar e controlar as suas próprias emoções e momentos intensos de nossas vidas. 

Sejam em situações positivas ou negativas, ter controle das emoções nos faz agir da melhor maneira dependendo da situação. 

Esse autocontrole ajuda a não ser levado pelo calor da emoção ou pelo impulso causado por determinado momento. 

Sendo assim, para controlar as emoções é preciso ter inteligência emocional para conseguir agir da melhor maneira possível. 

Controle emocional para investir

Sem dúvida, o mundo do investimento desperta muitas emoções e sentimentos na rotina dos investidores. 

Da alegria pelo ganho até a frustração pela perda, portanto, nesse universo, as emoções podem impactar as ações e a relação com o dinheiro. 

Além disso, o mercado financeiro é inconstante, então o investidor precisa saber lidar com as incertezas dos cenários. 

A oscilação da Bolsa de Valores é um fator que pode mexer com as emoções dos investidores, então é preciso ter controle e preparo mental para saber ganhar ou perder.  

Por que manter o controle emocional para investir? 

Além dos estudos sobre o mercado financeiro, saber controlar as emoções na hora de investir é um dos quesitos mais importantes no mercado financeiro. 

Para isso, todo investidor precisa criar um planejamento financeiro para realizar os investimentos mais assertivos.

Então, antes de começar a investir, é preciso definir os objetivos e metas em um documento ou planilha. 

Depois, é muito importante seguir esse planejamento financeiro inicial para as emoções positivas e negativas não interferirem nos investimentos ao longo do caminho. 

O planejamento financeiro ajuda a lidar com os ganhos e perdas e, consequentemente, ter mais equilíbrio e inteligência emocional para continuar investindo o melhor possível. 

8 dicas para manter o controle emocional na hora de investir

Existem algumas formas de controlar melhor as emoções na hora de investir. Confira quais são essas dicas, logo abaixo:

Saiba identificar e compreender suas emoções

O autoconhecimento é um estado de bem-estar mental que pode ser o seu maior aliado durante os seus investimentos. 

Procure entender o que você está sentindo e o que pode estar atrapalhando o seu emocional. 

Compreenda de onde vem cada sensação e sentimento para saber como lidar melhor com essas situações. 

Se você descobrir o que provoca determinada emoção, então poderá evitar esse sentimento no momento que estiver lidando com os investimentos. 

Busque explicações lógicas e racionais para suas atitudes

Muitas vezes podemos ter atitudes sem pensar antes e acabamos tomando as decisões erradas. 

Portanto, para evitar arrependimentos causados no momento da emoção, a nossa dica é que você pare, respire e pense: por que eu estou fazendo isso?

Se você conseguir uma resposta lógica para sua ação ou decisão, então pode ser que esteja agindo da maneira correta. 

Porém, se perceber que as suas explicações não possuem lógica e que determinada ação pode ser tomada por impulso, então pare o que estiver fazendo e pense novamente com mais calma. 

Livre-se das suas crenças limitantes

As crenças limitantes são pensamos que duvidam do seu próprio potencial, como “eu não consigo”, “não sei fazer”, “não consigo aprender” e outros. 

Se você perder o controle emocional e ativar esse modo de negação e de dúvida sobre o seu potencial, poderá perder as chances de realizar bons investimentos. 

Essas crenças são perigosas porque podem acabar fazendo você acreditar nelas e se desequilibrar emocionalmente.

Portanto, procure se livrar desses pensamentos e crenças limitadas para conseguir o controle emocional, foco e agir da maneira mais correta. 

Saia do modo automático

O modo automático é acionado quando repetimos determinados padrões e ações, sem intenção. 

É como se o nosso cérebro fosse programado para repetir um comportamento todos os dias. 

Qualquer investidor pode entrar nesse modo automático, então é preciso aprender a sair desse estado. 

É preciso aprender mais sobre os próprios sentimentos e encontrar a melhor forma de lidar com eles, assim, você consegue sair desse modo automático e pode tomar decisões e ações mais conscientes. 

Não caia no efeito manada

Efeito manada é um termo da psicologia que se refere a um grupo de pessoas que reage de uma maneira similar ou igual, mesmo que sem lógica. 

Esse efeito é muito comum no mundo financeiro, já que possui indivíduos que profetizam tendências e atraem “seguidores” que copiam o comportamento e ações, sem pensarem e questionarem sobre.

Consequentemente, essas tomadas de decisões rápidas e por impulsos podem aumentar a probabilidade de perda. 

É importante parar de seguir o efeito manada e lembrar que as operações no mercado financeiro envolvem análises e estudos, ou seja, não é possível tomar atitudes irracionais.

Invista em conhecimento sobre investimentos

O conhecimento é a base para ter sucesso no mundo financeiro, então estude ao máximo o que conseguir sobre esse universo e as novas tendências do mercado.

Quanto mais conhecimento adquirir e maior controle sobre as suas emoções, as chances de conquistar seus objetivos e metas serão maiores. 

Hoje em dia, é possível ter acesso a muitos conteúdos gratuitos sobre o mercado financeiro na internet. 

Mas você pode também investir em bons cursos, livros e ferramentas para aumentar seu conhecimento. 

Desenvolva suas habilidades de investimento

O mercado financeiro é um ambiente competitivo e desafiador, principalmente para quem está começando a investir. 

Por isso, você precisa desenvolver suas habilidades de investimento para tomar decisões mais assertivas e conseguir bons ganhos. 

Uma das habilidades nesse universo que precisa ser desenvolvida é a organização. Você pode desenvolvê-la ao realizar checagens financeiras, como revisar as contas, o quanto gastou na semana, ter uma planilha de gastos, por exemplo. 

Outra habilidade é a responsabilidade, ou seja, admitir os erros e lidar com eles para não se frustrar emocionalmente.

Deixe o medo para trás

Sentir medo é uma sensação normal do ser humano, mas deixar que ele paralise as suas ações pode fazer você perder muitas oportunidades de ganhos.

Portanto, deixe o medo para trás para não atrapalhar os seus investimentos e prejudicar o seu controle emocional. 

Não tenha medo também das mudanças, já que o mercado financeiro é instável e pode mudar a qualquer momento. 

Procure não deixar que o medo e a aversão às mudanças prejudiquem os seus investimentos e objetivos. 

Posts relacionados

Deixe um comentário