banco ou corretora banco ou corretora

Investir em banco x investir em corretora: confira as diferenças

5 minutos para ler

Muitas pessoas ficam com dúvidas na hora de investir, afinal, é melhor investir em um banco ou corretora?

A realidade é que para a maioria das pessoas, o banco é a instituição financeira mais conhecida e prática, afinal de contas, é nela que abrimos nossa conta para recebermos salário, por exemplo. Além disso, quando sobra algum dinheiro, geralmente é simples investir na conta poupança do próprio banco.

Mas será que a opção mais cômoda é realmente a melhor na hora de investir o dinheiro? É sobre isso que vamos falar no artigo de hoje. Continue a leitura!

É melhor investir em banco ou corretora?

Os bancos deixaram de ser os protagonistas quando falamos em investimentos. Isso porque, com o avanço da tecnologia, instituições como as corretoras de valores e fintechs passaram a atuar nesse mercado. 

Mas diante de tantas opções, pode existir a dúvida, principalmente por parte dos investidores iniciantes: o que é melhor, investir meu dinheiro por um banco ou por meio de uma corretora de valores? Por falta de informação ou pela comodidade de receber sempre ofertas de produtos do seu gerente, você pode acabar optando por um banco no qual possui uma conta corrente.

Ao ato de investir por meio de uma corretora, é dado o nome de desbancarização, que é não depender dos bancos para investir seu dinheiro. Dessa forma, o investidor deixa de ser dependente de um banco e movimenta seu dinheiro com a ajuda de uma empresa especializada em investimentos. Consequentemente, encontra um leque maior de produtos mais adequados ao seu perfil de investidor.

Quais são as vantagens de investir por uma corretora de investimentos?

O primeiro ponto a ser levado em consideração, é que uma corretora de investimentos é uma instituição financeira especializada em investimentos, diferente dos bancos. Isso acontece porque os bancos possuem outras funcionalidades e outras especialidades, como financiamentos, empréstimos e créditos.

Por isso, a primeira vantagem de investir em uma corretora, é sobre colocar o seu dinheiro em uma instituição que é especialista e tem todo o suporte necessário para que você faça os seus investimentos com mais confiança. 

Além disso, as corretoras geralmente possuem um leque maior de opções, o que possibilita que o investidor consiga realizar os investimentos mais adequados para o seu perfil, sem passar por uma limitação de ativos disponíveis, como pode acontecer com alguns bancos.

Isso ajuda, inclusive, no momento de diversificar a carteira de investimentos, uma vez que na corretora você tem acesso a ativos que vão da renda fixa à renda variável.

Confira outras vantagens da desbancarização:

Taxas cobradas e atendimento oferecido

Os bancos saem em desvantagem quando o assunto são as aplicações financeiras:  há diferenças que vão desde as taxas cobradas até o atendimento oferecido pelas instituições. Portanto, uma das principais vantagens das corretoras se refere justamente aos custos para a aplicação. Muitas oferecem isenção de taxas para aplicar no Tesouro Direto e outros títulos, o que melhora a rentabilidade para o investidor. 

Além disso, você deve saber que os gerentes de bancos costumam trabalhar por metas. Por isso, o gerente pode te oferecer um produto financeiro que não tem a ver com seu objetivo e que seja mais favorável ao banco do que a você.

Por exemplo, se você juntou dinheiro e quer fazer uma viagem no próximo ano, mas o gerente, pressionado a bater metas, terá mais retorno se você fizer uma aplicação em previdência privada, ele pode te convencer a fazer uma aplicação nesse investimento. Só que a previdência demora a ser resgatada, ou seja, a sua viagem teria que esperar mais para ser realizada. 

Igualdade entre os correntistas 

Além disso, como o banco possui foco em metas, é mais provável que o seu gerente, que opera com muitas contas, vá direcionar mais tempo aos correntistas com uma renda maior. Assim, ele irá oferecer produtos melhores a esses investidores, pois são vistos como mais “qualificados”. Com as corretoras ocorre justamente o contrário. O atendimento é mais personalizado e não há diferenças em relação ao tipo de investidor, tenha ele muito ou pouco dinheiro para aplicar.

Como as plataformas de investimento trabalham exclusivamente com produtos financeiros, na busca por atrair e fidelizar os investidores, os profissionais são mais dedicados a atender os clientes com soluções compatíveis aos seus interesses. Por isso, as corretoras oferecem diferentes produtos do mercado financeiro para que todos tenham bons resultados, sem privilégios de renda.

Acompanhe o mercado e invista com confiança

Acho que conseguimos responder se vale a pena investir pelo banco ou corretora. Mas, agora é hora de você tomar as suas decisões de investimento. Para isso, aconselhamos fortemente que você acompanhe as notícias que movimentam a economia para conseguir tomar decisões com mais tranquilidade e confiança. Assine nossa newsletter e fique por dentro das principais notícias do mercado financeiro!

Posts relacionados

Um comentário em “Investir em banco x investir em corretora: confira as diferenças

Deixe um comentário