mercado fracionário

O que é mercado fracionário de ações?

Geralmente, para investir no mercado de ações, é preciso negociar o lote mínimo de 100 ações. Mas não é todo investidor que tem dinheiro o suficiente para comprar tantos ativos assim.

Só que nem por isso o investidor precisa ficar de fora do mercado de ações! Afinal de contas, é possível investir em menos ativos pelo mercado fracionário de ações. 

Tem pouco dinheiro para investir no mercado acionário? Entenda melhor sobre o mercado fracionário de ações no artigo a seguir!

O que é o mercado de ações?

Vamos recapitular o que é o mercado de ações primeiro. Ele se trata do mercado, na Bolsa de Valores, em que são negociadas ações de diversas empresas que realizaram abertura de capital. Ou seja, vendem uma parte de si na bolsa com o objetivo de captar recursos para expandir suas operações. 

Esse tipo de negociação ainda não é tão comum em nosso país porque a cultura de investimentos não é tão voltada para a bolsa, como acontece em países como os Estados Unidos. Porém, isso tem começado a mudar. Afinal, os brasileiros têm se interessado  por formas alternativas de rentabilizar seu dinheiro além da poupança e da renda fixa. 

Quais as diferenças entre o mercado de ações integral e o fracionário?

A principal diferença entre o mercado de ações e o mercado fracionário de ações é a quantidade de ações que o investidor pode negociar. Esse mercado é a solução para quem quer operar valores menores do que o lote mínimo de 100 ativos. 

No mercado fracionário de ações é possível negociar de 01 ação até 99 ações. A única diferença é no código do ativo, que você precisa digitar o F no final. Se você quiser comprar Vale, por exemplo, no mercado acionário integral o código do ativo seria VALE3 e no mercado fracionário de ações seria VALE3F. 

Diferença de spread

Spread é a diferença entre o preço de compra (procura) e venda (oferta) de um ativo. No Home Broker, se você digitar o mesmo ativo tanto no mercado acionário quanto no fracionário, você verá uma distância entre o preço de compra e o de venda superior ao do mercado integral. 

Continuando no exemplo da Vale, o ativo VALE3F tem um spread um pouco maior do que o VALE3. Por exemplo, você encontrará VALE3F sendo comprado por R$55,75 e sendo vendido por R$55,79. No mercado convencional, você encontrará investidores comprando a R$55,80 e vendendo a R$55,81.

A diferença pode ser mínima, mas ela acontece. No mercado fracionário de ações, portanto, nem sempre você vai comprar ou vender o ativo no preço que você faria no mercado integral.

Vale a pena entrar no mercado fracionário de ações?

Mediante todos os custos que o investidor terá na operação, será que vale a pena entrar no mercado fracionário de ações? Afinal, os custos são exatamente os mesmos com impostos, emolumentos, taxa de corretagem, etc.

Para calcular se vale a pena ou não entrar em uma operação do mercado fracionário de ações, é preciso diluir os custos para avaliar. Vamos dar um exemplo levando como base só o custo da corretagem. 

Imagine que a sua corretagem será de R$5 e que, no mercado convencional, você comprará VALE3 a R$50. Portanto, com o lote mínimo de 100 ações a R$50 + os R$5 da corretagem, cada ação custará R$50,05.

Agora imagine que você comprou um lote de 50 ações do mesmo ativo no mercado fracionário de ações, VALE3F, também a R$50. Com o mesmo custo de corretagem a 5 reais, cada ação irá custar R$50,10, porque você tem menos ações para diluir os custos.

Por mais que essa diferença seja pequena, é preciso levá-la em consideração para entender se vale a pena investir naquele ativo no mercado fracionário de ações e para avaliar qual deverá ser seu preço de entrada. 

Do mercado fracionário de ações ao convencional

Mas nada impede que você comece a investir no mercado fracionário de ações e depois comece a negociar no mercado convencional. Por exemplo, se você comprar 50 ações e um mês e 50 no mês seguinte, você terá 100 ações no total e já poderá negociá-las no mercado convencional.

Ou seja, seus custos serão maiores no início, mas a longo prazo poderão ser amortizados. Sendo assim, se você for investidor a longo prazo, poderá valer a pena investir no mercado fracionário de ações.

Como comprar e vender no mercado fracionário de ações?

Agora, iremos mostrar na prática como comprar e vender ações no mercado fracionário de ações utilizando a plataforma da Vexter. Primeiro, vá na aba de Mercado ou do Vextrade e selecione o ativo que você deseja operar:

Depois, selecione o valor que você deseja comprar ou vender o ativo e envie a sua ordem para a Bolsa de Valores:

Assim que tiver enviado a ordem, você poderá conferir na aba de “ordens”:

Caso deseje encerrar a operação, você precisa voltar na aba do Vextrade ou Mercado e realizar uma operação contrária. Por exemplo, caso tenha comprado o ativo, você precisará vendê-lo. Se estiver operando vendido, você precisará comprá-lo para encerrar a operação. Depois enviada a ordem de encerramento, vá na aba Ordens para conferir se sua operação foi executada.

Ficou alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário abaixo para nós que teremos prazer em te ajudar!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

  1. muito boa a explicação.

    1. Bom dia, Marcia! Ficamos felizes que tenha gostado 🙂

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.