prosperidade financeira prosperidade financeira

Como a Vexter pode te ajudar a alcançar a prosperidade financeira?

10 minutos para ler

A maioria de nós já sonhou em viver uma vida plena, sem ter que se preocupar constantemente em trabalhar apenas para pagar as contas. A verdade é que é natural do ser humano almejar a prosperidade financeira, afinal, por meio dela adquirimos também liberdade, segurança e tranquilidade para aproveitar o melhor que a vida tem a oferecer. 

Antes de mais nada, vale ressaltar que a prosperidade financeira está diretamente ligada aos nossos fatores comportamentais. É isso mesmo: a forma como lidamos com nosso dinheiro é a chave dessa questão. Entendendo isso, passamos a ter condições reais de mudar os rumos da nossa própria vida.

Por isso, se você deseja começar hoje mesmo a alcançar novos resultados, siga a leitura e confira 8 dicas que preparamos para ajudá-lo a conquistar a prosperidade financeira! 

O que é prosperidade financeira?

Algumas pessoas condicionam a prosperidade financeira apenas à riqueza material, enquanto outras focam na prosperidade financeira como a capacidade de gerar dinheiro e usufruir dessa riqueza conquistada para ter mais qualidade na vida. É inegável que a riqueza material proporciona condições mais confortáveis. 

Mas se engana quem pensa que ser próspero é necessariamente ser rico. Ser próspero é viver bem e com conforto, independentemente da renda mensal. Afinal, de nada adianta ser milionário e viver preocupado com o acúmulo de dívidas. 

Portanto, como prega o senso comum, dinheiro não compra felicidade. E é aí que o conceito de prosperidade financeira entra, como um mecanismo para viver com abundância usufruindo da renda disponível para alcançar a felicidade plena.  

A parte que muita gente não dá a devida atenção é que, assim como com qualquer outro objetivo, alcançar a prosperidade exige organização, foco e disciplina. Mas fique tranquilo: mudando alguns hábitos, é completamente possível chegar lá!

Como a prosperidade financeira pode ajudá-lo?

A prosperidade financeira é importante principalmente para nos proporcionar uma vida mais tranquila e proveitosa. E, como você já percebeu, ela diz mais respeito ao nosso relacionamento com o dinheiro do que com a quantidade de dígitos em nossa conta.

Isso sem contar que, ao alcançá-la, você:

  1. Melhora sua saúde emocional e a sua qualidade de vida;
  2. Elimina as preocupações com dívidas; 
  3. Faz escolhas mais assertivas e conscientes na hora de gastar o seu dinheiro;
  4. Adquire a possibilidade de viver – e proporcionar a quem você ama – uma vida com mais equilíbrio, conforto e tranquilidade.   

8 passos práticos para alcançar a prosperidade financeira 

Toda escolha é uma renúncia e escolher alcançar a prosperidade financeira exige que você quebre velhos paradigmas e renuncie de antigos hábitos destrutivos. É por isso que prosperidade e educação financeira caminham lado a lado!

A educação financeira te dá ferramentas e conhecimento para tomar as melhores decisões, entender como investir corretamente (fazendo o seu dinheiro trabalhar por você) e viver com mais tranquilidade com o resultado dessa mudança de vida. Comece se planejando, tire um tempo para organizar suas contas e dedique-se a estudar suas finanças e também o mercado financeiro. 

Para te auxiliar nessa caminhada, separamos 8 práticas essenciais para alcançar a tão sonhada liberdade financeira. Confira!

1- Mude o seu mindset

O passo mais difícil de qualquer mudança é a decisão em si. Mudar exige coragem e comprometimento e, por isso, quando você decide se dedicar a conquistar uma vida mais próspera, é importante repensar as suas decisões financeiras e o estilo de vida que você tem vivido. 

O primeiro ponto é, portanto, colocar fim nas crenças limitantes. Isso significa que você precisa parar (agora mesmo) de acreditar que não consegue obter o que deseja.

Ao mesmo tempo, comece a convencer a si mesmo de que ser próspero nada tem a ver com vaidade ou futilidade. Por incrível que pareça, ainda existem muitas pessoas que acreditam que dinheiro é sinônimo de ganância e avareza – enquanto que, na verdade, o que define isso são os valores próprios de cada indivíduo.

Por isso, abandone a ideia de que prosperidade pode ser algo negativo – e passe a acreditar que, com objetivos bem definidos, é possível chegar em qualquer lugar. Pense grande!

2- Adquira novos hábitos

Sabendo da importância de mudar alguns pensamentos e crenças limitantes, é hora de agir. Desenhe um fluxo de caixa realista da sua vida financeira, levando em conta principalmente o quanto ganha e o quanto gasta mensalmente. Lembre-se que é importante levar em conta os gastos fixos, como contas a pagar, mas também considerar os gastos supérfluos – como idas à restaurantes, passeios no fim de semana, visitas ao salão de beleza, pedidos de delivery e etc. 

A partir daí, o segredo é entender que cada gasto, mesmo que de baixo custo, tem um impacto no orçamento mensal. Assim, você conseguirá escolher suas despesas de maneira mais consciente. 

Tão importante quanto mudar nosso mindset é mudar nossos hábitos – afinal, se não alterarmos alguns padrões, continuaremos no mesmo lugar a vida toda.

Um exemplo disso é gastar mais do que se ganha, um costume comum que gera um outro grande problema: as dívidas. Então, coloque agora mesmo suas contas no papel e, caso seja possível, estabeleça novas metas de gastos mensais, de forma que o seu caixa não fique mais no vermelho.

Ah, e não se esqueça de que toda mudança exige constância e persistência. Não desista!

3- Acabe com as suas dívidas  

É impossível ter prosperidade financeira estando endividado. Com novas metas estabelecidas, faça suas contas e se organize para priorizar o pagamento de dívidas

Uma boa dica é tentar negociar suas pendências. Da mesma forma que você deseja quitar suas dívidas, a entidade para a qual você deve dinheiro deseja receber o montante devido.

Com esse desejo em comum, é normal que negociando você consiga um bom acordo, com diminuição na taxa de juros, de multas e até mesmo desconto no valor principal da dívida. 

4- Comece a poupar dinheiro 

Com as dívidas pagas, o fluxo de caixa desenhado e alguns pequenos cortes em gastos não essenciais, é natural que “sobre” um dinheiro no seu orçamento mensal. Não importa a quantia, o que verdadeiramente faz a diferença é a decisão de poupar parte dos seus recursos

O dinheiro poupado pode – e deve – ser usado para criar uma reserva de emergência, um capital destinado para situações que você não pode prever. A melhor opção é aplicar essa quantia em investimentos de curto prazo (como no tesouro direto, fundos de renda fixa ou CDBs), que permitam o resgate imediato. 

Dessa forma, o dinheiro não fica parado na sua conta, mas ao mesmo tempo continua disponível, caso você precise dele.

5-  Saiba onde você pretende chegar

Você já ouviu falar que o maior inimigo de quem deseja ser próspero é, na maioria das vezes, nós mesmos? Isso mesmo. Sem conhecer bem nossas metas, aprender a priorizar e a dominar nossos próprios impulsos, as chances de fracassar no meio do caminho são grandes.

Uma pessoa com objetivos bem definidos tem muito mais chances de alcançar o que deseja se comparada a alguém que quer tudo mas, simplesmente, não sai do lugar. Você pode prosperar objetivando várias coisas – desde adquirir uma casa própria, trocar de carro, aposentar, ter filhos, até mesmo fazer o seu dinheiro trabalhar para você. Essa lista não precisa ter fim.

É por isso que é tão importante saber onde se quer chegar e, mais ainda: manter o foco e a disciplina – até porque, em linhas gerais, alcançar a prosperidade financeira é algo que ocorre no médio e longo prazo, a partir de escolhas e renúncias no presente.

6- Se organize no dia a dia

E torne-os concretizáveis no dia a dia. Funciona assim: quando nossos objetivos estão no médio e longo prazo, podemos ter um pouco de dificuldade para visualizar nossa atuação no presente.

Para isso, divida seus objetivos em metas de curto prazo: se você deseja acumular R$ 50.000 em 10 anos, por exemplo, significa que você precisará reunir R$ 5.000 a cada 12 meses.

Que tal pensar, então, que você precisará poupar aproximadamente R$ 416 por mês – ou, R$ 13 por dia?

Dessa forma, pequenas conquistas diárias, semanais e ou mensais passam a se tornar estímulos para você continuar. Trabalhando no presente, nos aproximamos cada vez mais dos nossos grandes objetivos futuros. E nos motivamos cada vez mais também!

7- Alcance a prosperidade ganhando pouco

Afinal, é possível mesmo alcançar a prosperidade ganhando pouco? À essa altura, você já deve imaginar a resposta: é completamente possível e viável – independentemente de quanto você ganha.

Isso porque o fato de prosperar está diretamente relacionado à forma com a qual lidamos com o nosso dinheiro, e não com o quanto ganhamos. Além disso, prosperidade é uma condição relativa: com um mesmo valor em patrimônio, pessoas distintas podem ser (ou não) consideradas prósperas.

A engrenagem da prosperidade começa a funcionar a partir do momento que você muda a sua relação com o dinheiro e entende que não importa o quanto você ganha, sempre será possível poupar – desde que você respeite sua condição atual e mantenha-se firme em seus objetivos.  

E, ainda que você não esteja estável financeiramente no momento, comece guardando um pouquinho a cada mês. Todo dinheiro é válido e criar esse hábito contribuirá muito para o seu sucesso lá na frente.

8- Aprenda a investir

O primeiro passo para investir, seja em renda fixa ou variável, é consumir conteúdo de qualidade sobre o mercado financeiro por meio de cursos, livros e filmes. Feito isso, você já pode traçar um plano de investimento, com base na melhor estratégia para o seu estilo de vida e para o seu perfil de investidor

Lembre-se, você não precisa ser rico para começar a investir. Com menos de R$100 já é possível fazer o seu dinheiro começar a render. 

Existem diversos tipos de investimento para todos os tipos de perfis, que vão desde os CDBs até as ações na Bolsa de Valores. O importante mesmo, antes de começar, é conhecer o seu perfil de investidor, definir objetivos a curto, médio e longo prazo, e montar uma carteira de investimentos diversificada, a fim de potencializar seus ganhos e minimizar as possíveis perdas.

Dois ingredientes também não podem faltar quando o assunto é investimento: paciência e disciplina.

Como a Vexter pode te ajudar?

A Vexter é um app que tem como principal objetivo facilitar a vida dos investidores, sejam eles iniciantes ou experts. Por isso, além de disponibilizar diversos conteúdos sobre educação financeira e investimentos semanalmente, a Vexter também conta com um simulador da Bolsa de Valores.

Que tal começar a colocar tudo isso em prática agora mesmo? Baixe o nosso aplicativo e tenha acesso a tudo que você precisa para começar a investir.  Assim, você treina à vontade e aprende a investir sem gastar seu dinheiro real, de forma descomplicada e gratuita!

Posts relacionados

Deixe um comentário