Setor Imobiliário

Setor imobiliário na Bolsa de Valores: dicas para investir

É comum no imaginário coletivo do brasileiro a ideia de que adquirir um imóvel é o melhor investimento possível. Essa afirmação não só pode estar errada dependendo do estilo de vida do comprador, como não é 100% verdade quando conhecemos a fundo os verdadeiros investimentos que podem ser feitos no setor imobiliário. 

Comprar imóveis é um investimento de baixa liquidez e muitas vezes, caso o comprador não tenha dinheiro para pagar a vista, alta taxa de juros. 

Já investir no setor imobiliário é muito mais do que adquirir imóveis. Por meio dos fundos, é possível ter acesso a cotas de empreendimentos que vão desde prédios comerciais a shopping centers. 

O melhor? Você pode começar hoje mesmo se quiser. É possível adquirir cotas de grandes fundos de investimentos imobiliários a partir de R$100!

Acompanhe esse blog post para entender mais sobre o mercado imobiliário e ter acesso a dicas sobre investimentos. 

O que é o setor imobiliário?

No sentido amplo, mercado imobiliário compreende toda e qualquer negociação do setor de imóveis, que vão desde lotes a grandes prédios e condomínios. 

No universo financeiro, é feito um recorte que abrange, normalmente, a construção e aplicação financeira de pontos a serem explorados comercialmente. Geralmente, os maiores fundos dizem respeito a edifícios comerciais, condomínios residenciais, shopping centers, agências bancárias, galpões, universidades e hospitais.

Como funcionam os Fundos de Investimento Imobiliário (FII)? 

Assim como os outros tipos de Fundos disponíveis no mercado, o FII consiste na junção de recursos de diversos investidores para a viabilização de um negócio. No caso do Fundo Imobiliário especificamente, na construção, aquisição e/ou financiamento de empreendimentos comerciais ou habitacionais para fins de venda e/ou aluguel.

Ao comprar uma cota, o investidor pode virar um sócio minoritário ou majoritário (a depender do tamanho do investimento). O objetivo principal desse investidor é a valorização dos imóveis ou títulos do fundo ao longo do tempo. 

Tipos de FII

Dentro da Bolsa de Valores existem vários tipos de FII. Os principais são: 

  1. Fundos de tijolo: o investidor aplica seu dinheiro em imóveis já construídos, visando receber proventos dos aluguéis dos mesmos. 
  2. Fundos de investimentos mistos: o investidor mescla as aplicações entre recursos em imóveis, cotas de outros fundos e títulos relacionados ao mercado financeiro, visando retorno relacionado às variáveis da taxa de juros.
  3. Fundos de investimentos em títulos ou Fundos de Papel: a composição dos investimentos têm foco em títulos imobiliários e retorno que costuma estar relacionado aos índices econômicos, como é o caso dos CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários). 
  4. Fundos de desenvolvimento: o investidor patrocina a compra e execução de projetos imobiliários, a fim de vendê-los com lucro ao fim de um prazo pré-determinado. 

Para saber mais detalhes de cada um desses investimentos, leia nosso Guia sobre Fundos Imobiliários – O que são e como selecionar os melhores?

Como investir no setor imobiliário?

Assim como qualquer outro tipo de investimento, os Fundos Imobiliários demandam estudo de mercado. A parte positiva é que esse investimento exige menos burocracia e capital do que a compra de um imóvel. 

Além de que o processo pode ser feito no conforto da sua casa, de forma totalmente digital! O passo a passo básico para investir é:

  1. Abra uma conta em uma corretora.
  2. Transfira o capital que deseja investir para a conta em questão.
  3. Acesse o Home Broker e estude as opções de investimento disponíveis.
  4. Envie uma ordem de compra para o fundo imobiliário escolhido.
  5. Acompanhe seu investimento e aguarde os rendimentos! 

Vale a pena investir em Fundos Imobiliários? 

De um modo geral, podemos dizer que sim, desde que você tenha o perfil para este tipo de ativo. Fundos imobiliários são ótimos produtos para diversificar a carteira de investimentos. 

Contudo, nenhuma decisão financeira é tão simples assim. Confira os prós e contras desse tipo de investimento e veja se ele condiz com o seu perfil de investidor:

Prós 

  • O investimento é acessível. Com valores a partir de R$100 já é possível começar a investir em Fundos Imobiliários; 
  • Os ativos podem ter grande potencial de valorização ao longo do tempo; 
  • Os proventos cotas são isentos de imposto de renda; 
  • Os fundos são simples de serem adquiridos e possuem menos burocracias do que a compra ou venda tradicional de um imóvel. A liquidez confere muito mais liberdade financeira.

Contras 

  • Os custos de corretagem do fundo imobiliário podem onerar uma parcela dos lucros;
  • As grandes mudanças no mercado financeiro ou no poder de compra da população podem interferir no setor imobiliário e na consequente valorização do investimento. Atente-se a essas oscilações!

Dicas para fazer bons investimentos no setor imobiliário

Os 5 passos para investir são simples, objetivos e rápidos. Contudo, para aumentar a chance de ter bons rendimentos, é muito importante conhecer o mercado e as melhores opções de fundos. Compilamos abaixo algumas dicas para uma carteira de investimentos com chance de sucesso: 

Estude sobre o fundo no qual você está investindo

Por ser um tipo de produto de renda variável, é extremamente importante conhecer todas as principais características do fundo imobiliário escolhido.

Na hora de estudar, olhe para a tragetória do fundo ao longo dos anos. Caso tenha dúvidas, acompanhe o parecer de especialistas dos mercados.

Faça uma análise fundamentalista sobre a gestora que está por trás do fundo

É importante checar o histórico dos gestores que mantêm o fundo. Afinal, o sucesso e a credibilidade do título está diretamente ligado à saúde mercadológica dos nomes por trás dos papéis. 

Cheque se o preço do fundo está de acordo com o esperado

Não é apenas pela trajetória do fundo que você precisa se pautar. O preço do ativo também conta muito na hora de conseguir as melhores rentabilidades. Vale checar também o valor do fundo no momento da compra. 

Agora que você já conhece as melhores dicas para investir no setor imobiliário, chegou a hora de praticar. Use o Simulador da Vexter para dar os primeiros passos na Bolsa de Valores!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.