valor do euro hoje valor do euro hoje

Qual o valor do euro hoje e por que ele está tão alto?

8 minutos para ler

É correto afirmar que as oscilações nas bolsas mundiais causada pela pandemia do Coronavírus afetaram todos os mercados. Contudo, se formos olhar o valor do euro hoje, é impossível não ficarmos espantados com o preço da moeda em relação ao Real brasileiro. O gráfico de subida do ativo é extremamente expressivo. 

 

 

A dúvida é: mesmo em meio ao caos na economia mundial, a pandemia beneficiou o valor de mercado do euro? 

Isso não é necessariamente verdade! Para entender melhor as variações acompanhe esse artigo. Explicaremos tudo o que você precisa saber sobre moedas, taxas de câmbio e também o motivo da subida no valor do euro em relação ao Real. 

Valor do euro hoje

O Euro hoje vale aproximadamente R$ 6,30. Você consegue conferir o valor do euro em tempo real por aqui: 

A seguir, entenda qual é o melhor momento para comprar euro!

Quanto vale 1 real em euro?

1 Reais

0,16 Euros

5 Reais

0,78 Euros

10 Reais

1,56 Euros

50 Reais

7,81 Euros

100 Reais

15,63 Euros

500 Reais

78,14 Euros

1.000 Reais

156,29 Euros

5.000 Reais

781,43 Euros

10.000 Reais

1.562,86 Euros

Qual o salário mínimo dos países que pagam em Euro

De acordo com dados da Comissão Europeia, existem diversos salários mínimos nos países que compõem a União Europeia.

O menor valor é o da Bulgária, com 300 euros por mês, o que equivale a aproximadamente R$1.919. 

Já o maior valor é encontrado em Luxemburgo, onde o salário mínimo é um pouco mais de 2,1 mil euros, valor que corresponde a quase R$12,5 mil.

Segundo o site Minimum wage, os salários mínimos em 2021 de cada país europeu são:

  • Alemanha: 9,50€/hora; R$ 60/hora
  • Bélgica: 1.594€/mês; R$ 10.198/mês
  • Bulgária: 300€/mês; R$ 1.919/mês
  • Croácia: 560€/mês;  R$ 3.583/mês
  • Espanha: 950€/mês; R$ 6.078/mês
  • Eslovênia: 1.024€/mês; R$ 6.551/mês
  • Eslováquia: 623€/mês; R$ 3.986/mês
  • Estônia: 584€/mês; R$ 3.736/mês
  • França: 1.554,58€/mês; R$ 9.943/mês
  • Grécia: 650€/mês; R$ 4.158/mês
  • Holanda: 1.684,80€/mês; R$ 10.774/mês
  • Hungria: 487,1 €/mês; R$ 3.115/mês
  • Irlanda: 10,20 €/hora; R$ 65/hora
  • Letônia: 500€/mês; R$ 3.199/mês
  • Lituânia: 642€/mês; R$ 4.107/mês
  • Luxemburgo: 2.201,00€/mês;  R$ 14.082/mês
  • Malta: 784,08€/mês; R$ 5.016/mês
  • Polônia: 625€/mês; R$ 3.998/mês
  • Portugal: 665€/mês; R$ 4.254/mês
  • Reino Unido: 9,87€/hora; R$ 63/hora
  • República Tcheca: de 586,96€ a 1.173,90€/mês (varia de acordo com o tipo de trabalho); R$3749 a R$7505/mês
  • Romênia: RON 2.300,00 (cerca de 472,40€/mês); R$ 3.020/mês

O que influencia na cotação do Euro 

Antes de avaliar as oscilações é importante entender quais são os principais tópicos que influenciam a cotação do euro. O impacto – aumento ou queda do valor do euro – pode ser ocasionado por apenas um ou por uma série de combinações dos fatores abaixo. 

  • Taxas de juros
  • Contratos de importação e exportação entre os países;
  • Política;
  • Reservas internacionais de Euro mantidas pelo Banco Central; 
  • Operações do Banco Central para barrar a contínua alta ou baixa do Euro; 
  • Novidades na economia e na política americana (como por exemplo, o anúncio de alteração da taxa de juros);
  • Crises locais e/ou mundiais;
  • Risco País.

Taxas de câmbio 

Taxas de câmbio são as relações entre moedas de diferentes países. Relações estas, que sempre tem a comparação como base, pois elas medem o preço de uma moeda em relação a outra. Por exemplo: Dólar x Euro, Libra x Dólar canadense, Yuan x Real e etc. 

As taxa de câmbio são essenciais para as relações exteriores. É por meio das conversões de moedas que o governo brasileiro consegue por exemplo, negociar as importações e exportações que movem a economia do país. Geralmente as relações comerciais são medidas tendo o dólar americano como padrão de referência e equivalência. 

Câmbio comercial x Câmbio turismo 

Uma dúvida comum ao consultar o preço de uma moeda, é o valor “real” da taxa de câmbio. Afinal, existe uma divergência significativa entre o preço do câmbio comercial e do câmbio turismo. 

O câmbio comercial é mais barato que o turismo e é usado para medir o valor de relações exteriores. Basicamente é o preço do câmbio que define o valor de produtos importados e exportados pelo país. 

Já o câmbio turismo, diz respeito à uma troca de dinheiro físico. Como o próprio nome deixa claro, é a compra e venda de moedas estrangeiras para turismo no exterior.

Por que o euro subiu tanto nos últimos meses?

Conforme mostra o gráfico abaixo, a subida do euro entre março e maio de 2020 foi extremamente expressiva. Comercialmente em relação ao valor do real, a moeda subiu da casa de R$4,60 no início de março para a casa de R$6,40 em maio.

Fonte: TradingView

Os principais motivos? As turbulências no mercado causadas pela epidemia do Coronavírus, aliada a uma desaceleração muito grande no crescimento econômico brasileiro. 

Desde que a pandemia começou, a produção do país foi diretamente afetada, diminuindo os produtos de exportação e desacelerando a economia local. Os conflitos e as decisões políticas no Brasil também influenciaram os valores. A redução da taxa da Selic por exemplo, desestimulou os acordos externos e a entrada de capital estrangeiro no país. 

Nos primeiros dias de junho, a cotação do euro começou a mostrar uma estabilização e até mesmo um declínio em relação à maio, que foi até então o mês de maior alta. Contudo, ainda está longe do valor visto no início do ano.

O preço do euro hoje (17 de junho de 2020 às 16h00) é de R$5,90.

Qual é influência do euro para o Brasil?

A economia é globalizada e grandes oscilações de moedas afetam direta e indiretamente a vida dos brasileiros. O euro, o dólar, a libra e o yuan por exemplo, são algumas das principais moedas de países que têm acordos valiosíssimos com o Brasil e que quando são alteradas, podem ser sentidas no poder de consumo do brasileiro. 

Quando o real se desvaloriza frente a outras moedas, produtos importados tendem a encarecer e exportados a perderem valor. Isso impacta diretamente no preço da produção e também da compra. 

Além disso, outros fatos importantes a se levar em conta, é que com o Brasil tendo menos acordos e com as pessoas investindo menos por falta de dinheiro, a economia pode cair ou ficar estagnada. 

Qual o momento certo para comprar euro? 

A instabilidade do mercado afeta diretamente os valores e dificulta as previsões para o valor da moeda em um futuro próximo. Por isso, se você que tentar aproveitar as melhores cotações é importante acompanhar diariamente as oscilações. Ficar atento às principais notícias econômicas também ajuda muito! 

No entanto, caso seja essencial enviar euro para o exterior nesse momento, acompanhando os gráficos você consegue identificar os melhores valores. Fique atento, pois dentro de um mesmo dia, é possível conseguir diferentes cotações.

Observação: lembre-se que esse é apenas um panorama do mercado atual e não uma recomendação de investimento.

Últimas notícias sobre o valor do euro hoje 

Confiança do consumidor da zona do euro cai a -6,8 em novembro

Segundo dados divulgados pela Comissão Europeia, o índice de confiança do consumidor da zona do euro caiu para -6,8 em novembro. Em outubro, o índice estava em -4,8. 

Produção industrial na zona do euro cresce em outubro

De acordo com dados divulgados pela União Europeia, a produção industrial da zona do euro cresceu de acordo com o esperado. Os bens de capital e bens de consumo duráveis subiram mais no mês e a produção de bens não duráveis assumiu a liderança na comparação anual, levando em consideração a recuperação econômica.

A produção industrial dos 19 países que compartilham o euro aumentou 1,1% no comparativo mensal em outubro, com um ganho anual de 3,3%.

Curtiu o conteúdo e quer ajudar seus amigos a entender os motivos da variação no preço do euro? Então, compartilhe esse artigo nas suas redes sociais! 

Posts relacionados

Um comentário em “Qual o valor do euro hoje e por que ele está tão alto?

Deixe um comentário